HOT Academy - шаблон joomla Joomla
  • Ligue-nos! (51) - 3219.0180
  • O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Maria Mulher

Sobre a ONG

Vinte e seis razões para Maria Mulher Organização de Mulheres Negras, existir:

 

1.MARIA MULHER - GRUPO DE MULHERES NEGRAS foi criada em 8 de março de 1987. O nome presta uma homenagem a todas as mulheres negras que têm construído a sociedade brasileira.
2. MARIA MULHER GRUPO DE MULHERES NEGRAS surgiu pela atuação de cerca de trinta mulheres negras. Havia algumas que participavam do movimento social negro. Outras vinham do movimento feminista. Umas eram sindicalistas.  O grupo tinha também mulheres negras que não pertenciam a qualquer movimento.
3. Homens também participam desde os primeiros momentos da vida de MARIA MULHER GRUPO DE MULHERES NEGRAS. Reconhecem a importância de a sociedade brasileira enfrentar a discriminação agravada que recai sobre as mulheres negras.

8.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS, como atualmente é denominada, tem contribuído para a melhoria da vida das mulheres, em especial, das mulheres negras em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e em todo o país. A atuação das Marias ultrapassou as fronteiras do país.

10.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS em 1998 oficializa sua relação com a Vila Grande Cruzeiro do Sul. Ocupa inicialmente um espaço na sede do Conselho Tutelar da 5ª região.  

11.Essa relação trouxe crescimento na forma de atender e entender crianças, adolescentes e mulheres adultas que procuravam o serviço do Conselho Tutelar. As integrantes de MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS e o grupo de pessoas que trabalhavam no Conselho Tutelar trocam conhecimentos e experiências. Há um crescimento coletivo que favorece o trabalho das duas instituições

13.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS a partir de 1999 ocupa espaço no prédio da Febem Zona Sul, em uma parte que havia sofrido um incêndio.

15. É fruto da relação com a comunidade da Vila Grande Cruzeiro do Sul que integrantes de MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS aprendem, trocam e se fortalecem, para realizar  o enfrentamento ao racismo, ao sexismo, à exploração de classe, à lesbofobia e a toda forma de desrespeito  presente na sociedade brasileira.

18.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS participou da criação da Articulação de Organizações de Mulheres Negras Brasileiras – AMNB – em 2001, fazendo parte de sua primeira coordenação.

20. MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS representa a AMNB -, no Conselho de Promoção da Igualdade Racial – CNPIR. Na gestão anterior havia ficado como suplente da representação.

22.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS, ao longo desua história, tem demonstrado para mulheres negras; para mulheres não negras; para homens negros e para homens não negros que somente quando houver a efetiva inclusão das mulheres negras em todos os setores da vida nacional, o Brasil será efetivamente uma sociedade democrática.

24.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS, neste momentode sua história, reafirma a sua missão institucional. "A defesa dos direitos humanos das populações marginalizadas e excluídas, principalmente de Afrodescendentes, e o enfrentamento às discriminações sexista, étnico/racial e social."

4.Para MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS é devido à atuação de feministas negras que ocorrem mudanças de comportamentos na sociedade brasileira.  Destaque-se o modo de agir de homens negros, que participam efetivamente da vida familiar.
5. Os encontros de formação das integrantes de MARIA MULHER GRUPO DE MULHERES NEGRAS eram realizados aos domingos. De início, as reuniões ocorriam em diferentes locais, até surgir a primeira sede política de Maria Mulher. A garagem na Rua Mucio Teixeira, recebeu por muito tempo as reuniões das Marias.

6. MARIA MULHER GRUPO DE MULHERES NEGRAS, em sua primeira apresentação pública, realizou a atividade intitulada O Beijo da Maria, A Festa. A festividade além de divertir, fez pensar.

7.Integrantes de MARIA MULHER GRUPO DE MULHERES NEGRAS apresentaram um esquete.  A riqueza da encenação foi mostrar mulheres negras em diferentes espaços da sociedade brasileira.

9. MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS tem sua história de atuação fortemente relacionada à Vila Grande Cruzeiro do Sul. Por volta de 1994 é convidada para participar de oficinas com meninas e adolescentes atendidas pela Creche Nazaré a convite da saudosa Tia Laura.

12.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS lembra e agradece a ajuda de Sonia SARAÍ Soares, que muito contribuiu para construção e a consolidação da parceria entre Maria Mulher e a Grande Cruzeiro.

14.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS atualmente está localizada na Rua Cruzeiro do Sul, 2035. Essa sede de Maria Mulher é resultante da parceria com a Igreja Metodista. na Rua Cruzeiro do Sul, 2035. Essa sede de Maria Mulher é resultante da parceria com a Igreja Metodista.

16. Desde sua instalação na Grande Cruzeiro, MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS tem elaborado e implementado projetos que visam ao empoderamento de mulheres da região, que são majoritariamente negras.

17. Fruto de parceria com o  SESI - Serviço Social da Indústria, MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS teve uma sede central, na Travessa Francisco Leonardo Truda, 40. O local serviu como espaço para encontros com organizações locais, nacionais e internacionais, oportunizando a troca de informações e a realização de diferentes  atividades de formação.

19. A AMNB - é composta por vinte e sete organizações. Nessa gestão, MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS integra a coordenação juntamente com ACMUM - Associação Cultural de Mulheres Negras, CEDENPA - Centro de Estudos e Desenvolvimento do Negro do Pará, e UIALA MUKAJI - Sociedade das Mulheres Negras de Pernambuco.

21.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS tem produzido vários escritos ao longo dos seus vinte e seis anos de existência. Foram elaborados textos sobre temas variados, expressando o pensamento e a posição política de Maria Mulher. Passaportes para a cidadania, livros sobre Personagens Negras, panfletos sobre doenças sexualmente transmissíveis.

23. MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS em sua caminhada rumo ao jubileu de ouro, reafirma seu compromisso com a conquista da cidadania para todas as pessoas.

25.MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS ressalta a importância de fortalecer parcerias, com pessoas e com instituições que tenham como objetivo a construção  de uma sociedade, em que reinem o respeito,  a valorização de  todas as pessoas e o enfrentamento às iniquidades presentes no Brasil e no mundo.
26. MARIA MULHER ORGANIZAÇÃO DE MULHERES NEGRAS, a entidade feminista negra mais antiga em atuação no Brasil, manifesta sua alegria por poder contar com o apoio e a parceria de pessoas e de instituições que respeitam e valorizam a história de enfrentamentos feita pelas Marias ao longo desse período.

Seja um Colaborador e contribua com Maria Mulher!

 

Quero Colaborar!

Sobre a Maria Mulher

sede

MARIA MULHER - GRUPO DE MULHERES NEGRAS

MARIA MULHER - GRUPO DE MULHERES NEGRAS foi criada em 8 de março de 1987. O nome presta uma homenagem a todas as mulheres negras que têm construído a sociedade brasileira que surgiu pela atuação de cerca de trinta mulheres negras. Havia algumas que participavam do movimento social negro. Outras vinham do movimento feminista. Umas eram sindicalistas.  O grupo tinha também mulheres negras que não pertenciam a qualquer movimento.

Ler Mais

Alguns de Nossos Projetos

Projeto Espalha Brasa e Marcha das Mulheres Negras 2015

Prêmio Lélia Gonzalez - Protagonismo Organizações de Mulheres Negras 

Financiamento: 
Secretaria de Política para Mulheres- SPM
Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial - SEPPIR

Colóquios sobre estratégias de enfrentamento à insegurança alimentar das mulheres negras no Brasil

Baobá- Fundação Ford
Fundo para Equidade Racial

Convênio SICONV nº 749199 - Ministério da Saúde

Financiado :
Fundo Nacional de saúde
 
Parceria:
Rede Feminista de Saúde

Telecentro - Centro de Informática

Financiado:
PROCEMPA